quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Surpreendente Graça





"Tudo é possível ao que crê" (Marcos 9:23).

É bem conhecido o fato de que John Newton, autor do hino
"Amazing Grace" (Surpreendente Graça) antes de entregar sua
vida para Cristo, era capitão de um navio que transportava
escravos da África Ocidental para a Inglaterra e América. O
que nem todos sabem, é que Newton continuou no negócio
escravo ainda por algum tempo. A única diferença é que
passou a tratar da sua carga humana com mais compaixão. Só
mais tarde Deus abriu seus olhos para os horrores de seu
comércio e ele tornou-se um pastor, pregando com zelo contra
a escravidão ilegal no Império Britânico. Deus lida com cada
um de nós de forma diferente. Com John Newton houve um
processo gradual de amadurecimento espiritual até que se
transformasse no homem que Deus desejava que fosse.

É surpreendente a graça com que Deus trata com todos nós.
Ele transforma o grande pecador em alguém que busca
santificar sua vida e engrandecer o nome do Senhor. Ele nos
tira da agonia de uma grande tempestade e nos coloca seguros
em um mar de calmaria e bonança. Ele nos livra das densas
trevas e nos faz caminhar sob a luz de um sol vivificante.
Ele nos liberta do "nada" e nos faz regozijar com o "tudo".
Tudo é possível ao que crê e não há circunstância que tire a
nossa alegria.

Às vezes julgamos demorada a nossa bênção. Às vezes a nossa
mudança tarda um pouco. Mas, a bênção sempre vem. Newton
demorou um pouco a experimentar a "surpreendente graça" do
Senhor Jesus, mas ela chegou, fez dele um novo homem, uma
bênção plena e verdadeira. O velho homem Newton era ligado à
escravidão, mas, o novo homem Newton entregou a vida pela
libertação de todos os perdidos -- tanto os da raça negra
como de todas as demais.

Se a sua vida ainda não foi completamente transformada,
confie no Senhor. Se a sua bênção está demorando um pouco,
creia no Senhor. A maravilhosa graça de Deus alcança a todos
e logo virá para encher seu coração.

Paulo Roberto

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Passando Por Baixo Da Trave Do Portão



"Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles, e disse: Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus" (Mateus 18:2, 3).
Todos nós já fomos, pelo menos uma vez, visitar o Jardim Zoológico. Não sei se ainda é assim, mas, quando eu era pequeno, havia, na entrada, um portão bem baixo onde as crianças que podiam passar, em pé, sob ele, não precisavam pagar a entrada. O tamanho também determina se uma pessoa pode ou não entrar no Céu. Quando os discípulos de Cristo Lhe perguntaram quem era o maior no reino do Céu, Ele chamou uma pequena criança e disse que o maior seria aquele que se fizesse como ela.Quantas vezes, para mostrar nossa força e importância,tornamo-nos arrogantes e prepotentes, como se todos os demais nos fossem inferiores. Quando agimos dessa forma, não conseguimos passar debaixo da trave do portão celestial.Quando vivemos murmurando por tudo, reivindicando direitos que muitas vezes não temos, quando deixamos que a vaidade dirija nossos passos, quando o orgulho nos faz caminhar olhando a todos de cima para baixo, tentamos, porém não conseguimos, passar sob os limites do portão celestial.Quando abrimos o nosso coração para o Salvador, quando reconhecemos que nada somos sem a graça e a bênção de Deus,quando nos preocupamos não apenas conosco mas com todos aqueles que nos rodeiam, quando valorizamos o trabalho e os talentos de nossos irmãos e amigos, o Senhor Jesus cresce em nossa vida e nós diminuímos, e, dessa maneira, passamos, com facilidade, sob o portão celestial.No Jardim Zoológico, aqueles que não podiam passar por baixo da trave, tinham ainda a possibilidade de comprar o bilhete e entrar, mas, no Céu de glória, apenas os que conseguem passar por aquele portão baixo serão aceitos.Você vai procurar estar apto a entrar pelo portão ouarriscar-se a ficar do lado de fora?
Paulo Roberto

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Perdão, por onde começar?


Ficar remoendo os sentimentos e revivendo as mágoas faz de você uma pessoa melhor? De jeito nenhum. Isso só irá destruí-lo. Os seus inimigos ainda figuram nos planos de Deus. O fato de estarem vivos é uma prova disso. Deus ainda não desistiu deles. Eles podem estar fora da vontade de Deus, mas não fora de seu alcance. Você estará honrando a Deus quando os vir não como seus fracassos, e sim como parte de seu projeto. Perdoar não é justificar. E também não é fingir. Davi não encobriu o pecado de saul nem o evitou.Ele dirigiu-se a ele de forma direta. Não fugiu do assunto. Seria compatível perdoar alguém e ainda assim evitar de propósito essa pessoa? Se perdoar não é justificar nem fingir, o que é então? A quem vc necessita perdoar mais neste exato instante? Ousaríamos pedir graça a Deus quando nos recusamos a dá-la? Este é um assunto tremendo das escrituras. Jesus foi duro com pecadores que se recusavam a perdoar outros pecadores. Aos olhos de Deus, o seu pecado é de alguma forma menos pecaminoso do que o pecado daquele que o magoou? Porque na sua opinião, Jesus foi tão duro com os pecadores que se recusavam a perdoar a outros pecadores? O que Jesus diria pessoalmente a você sobre esse assunto?

Existe alguém a quem você não conseguiu perdoar? Passe algum tempo em oração, determinado a perdoar essa pessoa. Se possivel, tente uma reconciliação. Não permita que amargura azede a sua alma.

Leiam:

1 samuel 24:26

Romanos 12:14-21

Colossences 3:13


Lendo a Biblia e analisando a geração da qual Jesus foi gerado pode-se observar que algumas mulheres citadas na Biblia eram muitos pecadoras aos nosso olhos, algumas mentiram, adulteraram, enganaram, roubaram, prostituiram-se mas mesmo assim todas estavam debaixo da graça e misericordia e perdão de Deus.Elas estavam ali na Biblia para mostrar que sim, Deus as ama acima do que elas são e fazem. Isso mesmo minha amada irmã Deus te ama muitooooo, mesmo nós cometendo tantos pecados diários( as vezes na prática e outras na mente) e isso serve para nos lembrar que não somos santos( sem pecados) como Jesus foi, mas que devemos cada dia mais buscar santificação. Tendo a certeza que a estrada é longa mas que nosso senhor e salvador estará aqui para nos ajudar. Então não vamos perder tempo julgando o irmão que é isso ou aquilo,que faz isso ou aquilo, vamos ter foco em nossas falhas e orar sempre pedindo direção e sabedoria a Deus...Amo demais vocês, e só amo porque Deus me amou primeiro, porque sem ELE, eu estaria afundada na podridão dos meus pecados...

Com amor

Manu

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Devocional...


VERSÍCULO: Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder,de amor e de moderação.-- 2 Timóteo 1:7
PENSAMENTO: Quando nos tornamos cristãos, Jesus nos deu o dom do Espírito Santo (Atos 2:38; Tito 3:3-7). O Espírito vive em nós, fazendo dos nossos corpos um Templo (1 Coríntios 6:19-20) e abençoando-nos de muitas formas (Romanos 8). Podemos ser pessoas corajosas mesmo quando atacados, criticados e ridicularizados por causa da presença do Espírito. O fruto que o Espírito produz (Gálatas 5:22-23) e o amor que o Espírito derrama no nosso coração (Romanos 5:5) não nos deixam fracos. Ao invés disso, a presença do Espírito é uma força poderosa para nos ajudar a superar o pecado (Romanos 8:13) e viver vidas auto-disciplinadas.
ORAÇÃO: Pai, obrigado pela constante presença do Espírito na minha vida. Por favor, dê-me mais coragem e força para enfrentar os desafios diários da minha vida. No nome de Jesus eu oro. Amém.> > http://www.iluminalma.com.br/dph/4/1023.html
Fiquem com Deus Manu

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

TEORIA NA PRÁTICA


Aprendendo a Valorizar

Texto Iara Vasconcellos

Pequenos gestos podem revelar grandes questões
Vivemos em uma sociedade que está se tornando cada vez mais 'antropófaga', não no sentido de antropofagia literária e cultural da Semana de Arte Moderna de 1922. O ponto aqui, são pessoas devorando-se mesmo, atropelando-se, sufocando-se mutuamente nos negócios, nas amizades, nas famílias e até nas igrejas. A competição e o ciúme selvagem têm drenado toda energia e a transformado em ácido que corrói os relacionamentos.
Se alguém recebe mais atenção, se torna alvo de inveja. E por outro lado, o invejado se sente superior, esquecendo-se de que a vida é como uma gangorra - quem sobe desce, e quem desce, sobe e as situações de inveja também se invertem.
E são esses os sentimentos nobres que habitam em nossos corações a maior parte do tempo. Mentira??? Verdade!!!
Não é agradável fazer esse 'Raio X', mas é necessário que tenhamos a conscientização, a percepção de nosso conteúdo para que possamos entender o motivo de Jesus ter vindo morrer na cruz por nós.
2 Coríntios 5.21 diz:
'Em Cristo não havia pecado. Mas Deus colocou sobre Cristo a culpa dos nossos pecados para que nós, em união com ele, vivamos de acordo com a vontade de Deus'.
Ou seja, enquanto acharmos que somos íntegros, puros, não vamos correr para a fonte do perdão: Jesus. Somente quando nos deparamos com a verdade sobre nós mesmos é que partimos em busca de uma solução. E essa solução já foi providenciada por Deus quando enviou seu próprio filho para nos substituir na cruz. Deus aceitou o sangue ali derramado. Resta-nos, então, estender as mãos e agarrar essa solução. Receber o que ele fez por nós, ser gratos e procurar viver de forma que o agrade. Esta, em resumo, é a doutrina da salvação.
Porém, não vivemos de forma contemplativa ocupando nossa mente só com esse assunto, apesar dele ser fascinante. A vida é prática, ativa. Como aplicar esse contexto no dia-a-dia? A salvação nos mostra que Deus nos ama, e nós devemos, também, demonstrar aos outros nossa apreciação por eles. Essa pode ser uma forma de 'praticar' esse princípio. E ao agirmos assim, estaremos incentivando as pessoas a adquirirem uma auto-estima saudável.
E aí, tocamos em um ponto polêmico. Há quem diga que não devemos incentivar essa área, porque já somos por natureza autocentrados e egoístas. Então, como ficamos?
A Bíblia, novamente, nos mostra o que fazer:
'Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um'.
Romanos 12.3
Moderação é a palavra chave, pois elimina as polarizações que formam os famosos complexos de inferioridade, ou superioridade. Ou seja: somos sim, miseráveis pecadores, mas Jesus veio do céu para nos salvar. Então, ao mesmo tempo em que reconhecemos nossa falha, entendemos que é exatamente ela que nos qualifica para a graça de Deus. E Ele veio porque nos amou como somos, como estamos, cheios de sentimentos desconexos e contradições.
Pode haver maior valorização do que essa? Somos especiais para Deus e quando vislumbramos seu amor temos de nos render à essa evidência.
Então, se Deus nos valorizou a esse ponto, nós também devemos valorizar os que estão ao nosso redor, sem medo de 'estragá-los'. E como podemos fazer isso? De forma bem prática e pragmática. Podemos olhar com o intuito de enxergar. Todos têm pontos positivos e negativos. Os negativos servem para que não nos vangloriemos, e os positivos para que elogiemos. Nossa tendência é reparar mais os negativos do que os positivos. Às vezes, é pela própria tendência da inveja, às vezes é por hábito, como quando fazemos uma revisão para corrigir os erros de português em um texto. Seja qual for o motivo, devemos pedir que Deus nos ajude a ver os pontos positivos e a verbalizá-los. Pessoas incentivadoras são cada vez mais raras, nesta época de egoísmo exacerbado.
Podemos nos treinar em detectar os pontos positivos e elogiá-los. Dessa forma, o ambiente em que estivermos inseridos poderá ficar mais agradável, pois pessoas incentivadas produzem mais e com isso se tornam mais realizadas e felizes.
Que possamos nos treinar a valorizar os que nos rodeiam, sejam familiares, colegas, amigos ou irmãos, pois...
'... como é boa a palavra certa, na hora certa!'
Provérbios 15.23

Iara Vasconcellos é tradutora e editora da Revista Lar Cristão. Casada com João Marcos Vasconcellos atuam na área de ensino da Igr. Bat. do Morumbi /S.Paulo.

Diga Sempre: "Eis-me Aqui"



"Então eu disse: Eis-me aqui para fazer, ó Deus, a tuavontade" (Hebreus 10:7).

Muitas pessoas passam toda a vida sem se importar com aPalavra de Deus. Não têm o costume de ir à igreja, não contribuem de forma alguma com o seu sustento, nem com dinheiro e nem com a presença e, os que às vezes vão,reclamam de tudo. De um templo que eles não ajudaram a construir, da música cantada dos hinários que não ajudaram a comprar, do pastor que nunca ajudaram a sustentar, da mensagem lida na Bíblia que jamais se interessaram em ler.Querem receber palavras doces de conforto para seus entes queridos e orações para que tenham um lugar no céu, onde não se prepararam para ir. Não é estranho? Não permita que isso se aplique a você. Obedeça ao Evangelho de Cristo antes que seja tarde.O verdadeiro cristão tem prazer em adorar a Deus, em cantar hinos de louvor ao Senhor, em ler e estudar a Bíblia, fonte de sabedoria para uma vida repleta de bênçãos e vitórias.Bom é estar na casa do Pai, encontrar os irmãos e compartilhar com eles os momentos de alegria e regozijo da semana. Bom é participar das programações, dos corais, da distribuição de folhetos, do estudo bíblico que nos edifica e fortalece o espírito. Bom é poder dizer ao Senhor que O amamos, que a Sua companhia nos enche de júbilo, que Sua graça e unção nos faz brilhar mesmo diante de ambientes tenebrosos.Como cristão eu tenho de compreender que a igreja sou eu(mas a instituição é importante, porque é a casa de Deus),que o meu testemunho fará a diferença, que o mundo depende do meu amor e dedicação.
Eu me importo com a obra de Deus. Sei que ela depende de minha fidelidade. E você? Critica a tudo que vê de ruim ou faz a sua parte para que tudo vá bem?Não espere tudo dos outros. Diga a Deus: "Eis-me aqui."
Paulo Roberto
Eu adoro os textos de Paulo Roberto, e esse em especial eu gostei muitooooo!
bjs e fiquem com Deus
Manu

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Toma tudo o que sou senhor...

Como não confiar em Deus? Como não amar ELE com toda sua força e entendimento? EU TE AMO SENHOR..TODA MINHA ESPERANÇA ESTÁ EM TI SENHOR DOS SENHORES, PAI, MELHOR AMIGO, MISERICORDIOSO, BONDOSO,PAI DA ETERNIDADE ÉS MEU REFÚGIO E FORTALEZA...Essa música é linda demais meus amados, bjsss

Manu

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Momento adoração...

Amo essa música...Deus, somente Deus...domina o trono do universo!!!!!

Para os que estão cansados...


(Mateus 11:28-29)"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma."
Bjs no coração
Manu

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Tudo Ele Criou... Para Mim( e para vc também)


"No princípio criou Deus os céus e a terra" (Gênesis1:1).


Um homem de negócios deu a razão pela qual ele sabia que existia um Deus. Ele tinha estado considerando seriamente a perfeição das estrelas e planetas, seu sistema e ordem.Então ele disse: "Em nossa fábrica, uma moça leva mais ou menos dois dias para aprender a montar as 17 peças de um moedor de carne. Pode ser que alguns acreditem que esses milhões de mundos, cada um com suas órbitas separadas ,perfeitamente equilibrados no espaço, tenham se agitado por um bilhão de anos e se organizado maravilhosamente como estão hoje. Eu sou meramente um fabricante de instrumentos cortantes, mas, uma coisa eu sei: você pode agitar as 17 partes de um moedor de carne em uma tina pelos próximos dezessete bilhões de anos e nunca terá uma máquina de moer carne."Como são esplêndidas as coisas criadas por nosso Deus! Como é maravilhoso o Deus que a tudo criou! Como somos privilegiados e bem-aventurados por poder chamar a esse Grande Deus de Pai e Amigo!Como poderia haver um universo tão perfeito e tão impressionante sem que tenha havido um Criador de tudo o que existe? Como poderíamos crer que o sol, a lua, os planetas e seus satélites naturais, e tudo o mais de que temos conhecimento -- fora o que não conhecemos, tenha surgido por acaso ou tenha existido a partir de uma explosão? Alguém criou tudo o que existe, deu-nos o ar para respirar, a água para saciar nossa sede, e uma grande variedade de alimentos para o sustento de nosso corpo. Alguém criou o universo e a nós também. Criou tudo para o nosso bem-estar e felicidade.Esse alguém é o Deus Todo Poderoso, o nosso Pai celestial, o nosso Amigo de todas as horas.Ele criou, sustenta e governa tudo. Ele criou todas ascoisas para nós. Nosso Deus é maravilhoso! Tá dificil? ora

Paulo Roberto


Amados, se tem alguém aqui triste, ou mal humorado com algo, lembrem-se do que realmente deve ser importante para nós: A GRAÇA DO SENHOR!! Eu vejo tanta gente reclamando da vida( também faço parte muitas vezes desse grupo), gente que já acorda de mal humor, genteeeeee acordem para vida!!! Tem gente que não tem o que comer, não tem onde dormir, não tem familia, não tem saúde e as vezes é mais feliz e mais satisfeito que nós que somos filhos e servos do altíssimo e que temos o privilégio te ter tudo isso. Vamos tentar ser mais satisfeitos com a condição atual que Deus têm nos colocado, ELE sempre sabe o que tá fazendo e sempre faz para nosso bem...Na palavra do senhor tem escrito que não cai uma folha de uma árvore sem o consentimento de Deus, vc não acha que é mais importante para Deus do que uma folha? Pois então, para que esse mal humor? Essa reclamação sem fim...AGRADEÇAMOS MAIS A DEUS, nosso justo juiz, nosso pai, nosso amigo, nosso redentor, sua luta tá grande? Deus tá vendo e vai mudar sua história, mas murmurando vc não chega em lugar algum. Esses dias eu tava numa murmuração só e li uma parte do livro que falava das batalhas que Davi enfrentou e sabe qual era a diferença de Davi para mim naquele momento? ele tinha RELACIONAMENTO INTIMO COM O SENHOR, coisa que eu não estava tendo, quem tá perto de Deus não murmura, agradece, quem tá andando lado a lado com o senhor não murmura, confia!
Vamos irmãos! juntos, orar, é uma caminhada longa e dura,eu sei, mas Deus já disse em sua palavra que iriamos conseguir se NELE confiassemos. amo vcs e é para sempre. bjs

Manu

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Sejas meu universo senhor!!!

Amados reflitam nesse hino...é muita benção mesmo. Déa, muito obrigada por ser essa amiga tão presente e tão especial em minha vida, te amo muito viu? Manu

Perigos da vida


A minha vida está sempre em perigo, mas não me esqueço da tua lei. (Sl 119.109.)PERIGO DE VIDA EXISTE MESMO. Um acidente doméstico, um acidente de trânsito, uma bala perdida, um assalto seguido de assassinato, uma descarga de revólver nas mãos de um doente mental, um desmoronamento como o da casa em que estavam os filhos de Jó ou como o da torre de Siloé, uma calamidade bélica, uma doença incurável. O salmista não é ingênuo: “A minha vida está sempre em perigo” (Sl 119.109). Paulo também não é: “Todos os dias enfrento a morte” (1 Co 15.31). Numa única frase, o apóstolo cita oito vezes a palavra perigo: “Estive continuamente viajando de uma parte a outra, enfrentei perigos nos rios, perigos de assaltantes, perigos dos meus compatriotas, perigos dos gentios, perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, perigos dos falsos irmãos” (2 Co 11.26).

O perigo não é só a morte. Há muitos outros perigos e é difícil saber quais são os maiores e quais são os menores: o perigo de perder todos os bens, o perigo de perder o emprego, o perigo do álcool, o perigo das drogas, o perigo do desânimo, o perigo do desmantelamento da família, o perigo da perseguição, o perigo da concorrência, o perigo da apostasia, o perigo da paixão, o perigo da depressão, o perigo do câncer de mama, o perigo do mal de Alzheimer.A contingência do perigo pode cansar, pode amedrontar, pode envelhecer, pode adoecer, pode desgostar, pode enfraquecer a fé. Por isso mesmo o salmista se acautela: “A minha vida está sempre em perigo, mas não me esqueço da tua lei”. Seu companheiro de perigo constante gosta de perguntar: “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? (Rm 8.35).

Retirado de “Refeições Diárias com o Sabor dos Salmos” (Editora Ultimato, 2006).
Voltei de viagem e estou com garra total viu meus amados? Quero saber a novidades de vocês também
bjs Manu

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A mentira desagrada a Deus


Nesta lista de sete coisas que Deus aborrece, três são pecados da língua. Deus odeia a mentira. O mentiroso será castigado por Deus (Salmo 7:12-16). Muitas pessoas confiam na mentira, se achando capazes de enganar o mundo e até o próprio Deus. Na sua arrogância, elas não confiam no Senhor (Salmo 40:4). O servo de Deus abandona a mentira e busca a lei do Senhor (Salmo 119:163). Da mesma maneira que Deus aborrece a mentira, a pessoa justa também a aborrece (Provérbios 13:5).
Gente, eu sei que todos nós já mentimos na vida, mas aqueles que nasceram de novo tentam não praticar mais esse ato né? Sei que existe aquela mentirinha que consideramos do "bem" que é para proteger alguém querido ou até aquelas mentiras que consideramos "normais"( que todo mundo)...Mas sabe o que me deixa muitooo triste? Quando vejo um crente mentindo para outro crente e o pior, é que na maioria das vezes é por besteiras. Amados, sei que viver nesse mundo é muito dificil, e que somos cercados por todo tipo de gente, mas fomos chamados para sermos santo, então vamos correr de toda aparência do mal. Dia desses eu tava falando com uma irmã da fé e peguei ela numa mentira que fiquei até sem acreditar, mentira besta mesmo, e sem sentido, na hora até pensei em perguntar porque ela estava mentindo por aquela besteira, mas resolvi não falar nada, até porque nosso juiz é Deus, então preferi ficar calada. Mas eu sei que o caminho para a santificação é árduo e que tantas vezes escurregamos em tantos pecados( oh se sei), mas somos igreja e vamos juntos nos ajudar contra as ciladas do diabo. Bjs e desculpa o desabafo
Manu

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Aos olhos do Pai

"Todas as mulheres buscam, constantemente, a perfeição física. Influenciadas pela mídia e por suas famílias, elas almejam uma aparência mais e mais inatingível. Ao lado dos concursos de miss, da moda em poucos panos e da exposição de corpos belos e sarados, o conceito da verdadeira beleza feminina se autodestruiu.
É esta a verdadeira imagem que refletimos no espelho de Deus? Neste livro a autora identifica os valores que influenciam a compreensão da beleza divina e que permitem ao Espírito Santo transformar mentes e corações daqueles que amam Jesus" . Gente, amei o resumo desse livro, vou correr para comprar esse livro. bjsss
Manu

domingo, 6 de setembro de 2009

Minha música preferida

Eu amooo demais essa música do grupo logos, é bem antiga, mas sempre que escuto fico emocionada. "Glória ao senhor, o autor da minha fé"...

bjs Manu

domingo, 30 de agosto de 2009

Devocional de hoje


VERSÍCULO:

O longânimo é grande em entendimento, mas o de ânimo precipitado exalta a loucura.Provérbios 14:29


PENSAMENTO:

Responder rápido a provocação, ameaça, insulto ou dificuldade é sinal de força para muitas pessoas hoje em dia. No entanto, reagir depressa motivado por ira é tolice. Isto raramente produz o efeito desejado a longo prazo, e quase sempre complica os problemas que precisam ser resolvidos. Lidar com situações frustrantes e dolorosas com paciência revela entendimento e geralmente produz melhores frutos a longo prazo.


ORAÇÃO: Pai, eu peço paciência e domínio próprio. Eu sei que essas virtudes são parte do fruto do seu Espírito na minha vida, então eu peço para que o Espírito Santo tenha mais impacto no meu coração e minha vida. Por favor, dê-me o entendimento e a sabedoria para manter minha boca fechada, até que eu tenha oportunidade de orar e pensar sobre as questões e as pessoas nelas envolvidas. No nome de Jesus eu oro. Amém.


Mais uma devocional enviada por Dea, amiga te amo viu? E adorei sua visita aqui em casa, para quem frequenta o blog e não sabia, eu estou me recuperando de um problema sério na coluna. E nessas horas é que vemos como somos querida e amada.Recebi tanta ligação, tantos e-mails, tantas visitas aqui em casa(Teve até quem trouxe lanche para me engordar, rsrsrsrs, né Pati?) mas tudo isso serviu para eu ver que tenho amigos e irmãos em Cristo de verdade aqui em Salvador e isso me deixou muito feliz....Ontem foi a vez de Déa e Pati( a outra pati, isso mesmo tenho duas amigas Pati , hahahaha) me visitarem. Amei demais elas aqui em casa e como meu marido tá viajando termina que me sentir um pouco só, mas Deus é tão fiel que providenciou até a vinda das meninas aqui para me alegrar. Déa continue mandando suas devocionais, são palavras sempre muito abençoadores

bjs

Manu

sábado, 29 de agosto de 2009

Devocional para hoje...


VERSÍCULO:

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. -- Romanos 8:28


PENSAMENTO:

Coisas ruins acontecem na vida. Uma parte é devido a Satanás.Outra parte se deve aos nossos pecados e suas conseqüências. A rebelião contra Deus e a fraqueza espiritual naqueles que amamos nos trazem coisas dolorosas. Às vezes Deus até nos disciplina para nos acordar da letargia ou para corrigir algum problema pecaminoso nas nossas vidas. Mesmo assim, no meio de tudo isso, ainda temos uma promessa incrível: se amamos a Deus e estamos procurando honrar o seu chamado, nosso Pai do Céu usará todas as coisas que estão acontecendo nas nossas vidas para o nosso bem.


ORAÇÃO:

Pai, eu aprecio sua promessa de fazer com que todas as coisas, boas ou más, cooperem para o meu bem. Eu lhe peço, querido Pai, por fé para acreditar nesta promessa durante épocas difíceis e dolorosas. Dê-me paciência para me apegar às minhas convicções quando tribulações durarem. Eu acredito na sua promessa, querido SENHOR, e espero ansiosamente pelo que o Senhor vai fazer em mim, uma vez que tiver terminado sua obra na minha vida. No poderoso nome de Jesus. Amém.


Devocional enviada por minha querida amiga Baiana Déa...Te amo minh amada amiga e irmã em Cristo.

Bjs

Manu

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O que é a visão mundial?




Bem meninas, uma amigona minha saiu de Recife e foi morar em são paulo e hoje em dia ela trabalha nessa ONG. Fiquei curiosa em saber um pouco mais sobre a visão mundial, e quem também tiver curioso, vou colocar um trechinho do trabalho exemplar desse projeto.
A Visão Mundial é uma Organização Não Governamental (ONG) Humanitária, que promove a justiça, o desenvolvimento transformador sustentável e socorro em situações de emergência. Está presente no Brasil há 32 anos, beneficiando hoje mais de 2,87 milhões de brasileiros. No Brasil, são desenvolvidos e apoiados 93 projetos sociais, sendo 60 Programas de Desenvolvimento de Área (PDA) e 33 Projetos Especiais, que concentram-se em regiões empobrecidas como o Nordeste do Brasil, Norte de Minas Gerais, Amazonas, Tocantins e nos grandes centros urbanos de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.Os PDAs contam com programas nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento comunitário, agroecologia, desenvolvimento econômico, direitos humanos e emergência/reabilitação. Através de seu trabalho, a Visão Mundial presta suporte técnico, social, cultural, econômico-financeiro aos beneficiados, trazendo esperança não somente às crianças empobrecidas, mas também às comunidades onde vivem com as suas famílias.Os Programas de Desenvolvimento de Área (PDAs) são instrumentos para a promoção de um tipo de desenvolvimento comunitário integrado. Os projetos sociais apoiados devem ter suas ações orientadas por um planejamento estratégico, proporcionando mudanças sociais mais eficientes e efetivas. Aliada aos aspectos técnicos, a participação dos beneficiários no planejamento, na execução e na gestão dos projetos sociais é um dos fatores mais relevantes para o seu sucesso. A Visão Mundial desenvolve vários programas em diferentes áreas.
SAÚDE* Acompanhamento pré e pós-natal* Atenção primária à saúde infanto-juvenil* Controle nutricional* Acesso à água limpa e saneamento básico.
EDUCAÇÃO* Viabilização do acesso das crianças a creches, pré-escola e escola pública* Aulas de reforço monitoradas por educadores* Distribuição de kits escolares* Alfabetização de adolescentes e adultos* Capacitação profissional de adolescentes.
DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO* Mobilização, organização e formação de lideranças locais para o enfrentamento de problemas sociais de forma organizada e estratégica.AGROECOLOGIA* Apoio ao desenvolvimento de tecnologias produtivas apropriadas às pequenas propriedades, incluindo a preservação do ambiente, o cultivo de safras, a criação de animais, o comércio solidário e a capacitação de agricultores.
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO* Linhas de microcrédito urbano e rural* Formação profissional de trabalhadores* Assistência técnica para produção* Gerência e comércio de produtos.
DIREITOS HUMANOS* Participação e integração de grupos em fóruns municipais, estaduais, nacionais e internacionais* Intervenção propositiva em políticas públicas, através dos conselhos de direitos.
COMÉRCIO SOLIDÁRIO – FAIR TRADEO objetivo do programa de Comércio Solidário da Visão Mundial é canalizar a produção de pequenos produtores rurais e de artesãos que têm dificuldade em colocar seus produtos no mercado. O comércio solidário possibilita a ausência de atravessadores, permitindo que os artesãos e os produtores rurais recebam uma maior parcela de lucro pela venda dos produtos.Instalado nos estados da região nordeste, o projeto beneficia mais de 5 mil pessoas (produtores e artesãos) em cerca de 20 comunidades. São apoiadas cultivos orgânicos de melão, pimentão, melancia e castanha de caju. Entre os produtos artesanais apoiados estão bordados, brinquedos em madeira, agendas, entre outros.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

É o jeito! por Ariovaldo Ramos

Mt 8:2
2 E, eis que veio um leproso...
- Os leprosos tinham de gritar: leproso! Enquanto passavam. Caso não o fizessem, e fossem denunciados, seriam apedrejados, por atentado à saúde pública. Ele aproximou-se de Jesus sem se anunciar demonstrando crer que Jesus era confiável e não o denunciaria. E estava certo!
- Jesus é confiável, qualquer pessoa pode se aproximar dele sem medo de ser exposto. Ele aceita as pessoas sem pré-condições. O ser humano basta por existir. Todo mundo devia ser assim: aceitar o outro pelo simples fato de ser humano.
e o adorou,
- Jesus provocava ímpetos de adoração, e o Leproso o adorou, postando-se de joelhos diante dele. E estava certo! Jesus é para ser adorado! Esse é o jeito certo de se aproximar do Cristo!
dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.
- Esse é o jeito certo de pedir qualquer coisa a Jesus: dando-lhe a prerrogativa da decisão: se quer ou não. A questão não se ele pode ou não, mas se é da vontade dele fazer ou não. Ele é o Senhor!
- Mas, e se Jesus não quiser fazê-lo? Jesus nos aceita sem pré-condições. E nós? Aceitamos Jesus no seu senhorio? Mesmo quando ele diz não?
3 E Jesus, estendendo a mão, tocou-o...
- Jesus tocou o intocável! Tê-lo recebido já era um marco, abraçá-lo, uma cura! E é isso o que Cristo faz: nos recebe e nos salva! E é o que devemos celebrar! Tudo mais é se Deus quiser, essencial é a salvação!
dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra.
- Jesus queria. curá-lo, e o fez, mas podia não fazê-lo. Assim como Jesus nos aceita incondicionalmente, temos de aceitar o seu senhorio.
4 Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.
- Jesus devolve o homem a sociedade. Manda-o cumprir o ritual que o declara apto a viver entre todos. Ele está pronto para ocupar o seu lugar e o seu serviço à comunidade. É para o que somos salvos para o serviço ao próximo.

Autênticos Ou Não?


Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus" (Mateus 7:21).

Não é o que nós comemos
mas o que nós digerimos
isso nos faz fortes;
não o que nós ganhamos
mas o que nós preservamos
isso nos faz ricos;
não o que nós lemos
mas o que nós lembramos
isso nos faz instruídos;
e não o que nós professamos
mas o que nós praticamos
isso nos faz cristãos.

Muitas vezes vamos à igreja, levantamos quando a Palavra de
Deus é lida, cantamos quando os belos hinos são entoados,
mantemo-nos sentados ouvindo o sermão e, quando vamos para
casa, cumprimentamos a todos com um sorriso nos lábios.
Somos, por isso, verdadeiros cristãos?

A resposta pode ser sim ou não. E depois? E fora daquele
ambiente de culto? Como agimos quando estamos fora da
igreja? Como nos portamos em nosso trabalho, ou no local
onde estudamos, ou na esquina, quando conversamos com
amigos? O mesmo Espírito nos reveste? O nosso testemunho
continua firme, inabalável, marcante e definitivo?

Não é aquilo que dizemos que, realmente, confirma a nossa
condição espiritual. Não é o livro que trazemos na mão que
prova a nossa santidade. Não é um cartão de membro de uma
igreja que me garante um lugar no Céu de glória.

Ser um autêntico cristão exige uma vida espiritual
constante, em todas as situações e circunstâncias. O lugar
escuro precisa clarear com minha chegada; o ambiente pesado
deve se tornar leve com as minhas palavras; a atmosfera de
incertezas necessita se curvar diante da Verdade que existe
em meu coração.

Somos ou não, autênticos cristãos?

Paulo Roberto

Deus é muito poderoso!!!

Nessa semana acompanhei o fim do seriado "a fazenda", eu comecei vendo, mas depois de um tempo não vi mais, terminava esquecendo e fazia outras coisas, mas ai essa semana vi um programa de televisão comentando que carlinhos e os outros integrantes da fazenda estavam cantando a Música gospel: Faz um milagre em mim....Gente, Deus fala em qualquer lugar e com qualquer pessoa, e a palavra do senhor não volta vazia nuncaaaa. Não sei se eles cantaram aquela música para chamar a atenção do público, isso na verdade nem me interessa, o que encheu meu coração de alegria foi ver o agir do meu senhor naquele ambiente, porque Deus é muito poderoso e faz verdadeiros milagres, espero que o agir do senhor continue firme e crescente na vida de todos os integrantes daquele programa...bjs

Manu

domingo, 23 de agosto de 2009

De perdão em perdão


por Ariovaldo Ramos
Jo 4.13-26 – O diálogo! – Uma leitura!


Jesus: Eu sei que esse poço de Jacó é, em si, um milagre, mas quem beber dessa água tornará a ter sede, já, quem beber da água que lhe estou oferecendo, nunca mais terá sede. Essa água se tornará uma fonte, em si, a jorrar pela eternidade afora.
Samaritana: Me dá dessa água para que eu não tenha de vir mais aqui buscá-la. Ainda mais debaixo deste sol escaldante.
Ela estava com algum problema com sua comunidade e, por isso, não podia ir com as demais mulheres a buscar água, daí, tinha de vir no horário do almoço.
Parece que ela desconfiava de que Jesus, de fato, estava falando de algo, talvez de cunho espiritual. Sua pergunta forçava Jesus a deixar claro o que quer que fosse.
Jesus: Vá buscar o seu marido e volte, que eu lhe falo.
A impressão primeira é a de que Jesus está usando a lógica dos rabinos, de que só se pode comunicar a Palavra para os homens.
Parece, mas não o é, porque se esse raciocínio tivesse preponderado, nenhum
diálogo haveria, desde o começo.
Samaritana: Eu não tenho marido.
Ao dizer isso, a mulher coloca Jesus numa situação critica: é como se ela lhe tivesse respondido – não tenho marido, se quiser falar comigo, tem de ser desse jeito mesmo.
E aí se revela a intenção de Jesus, a de manifestar-se.
Jesus: Você está certa, você já teve cinco maridos, mas este, com quem agora vive, não é seu marido. Você disse a verdade!
Samaritana: Vejo que você é profeta. Nossos pais disseram que deveríamos adorar a Deus neste lugar, e vocês dizem que devemos adorar em Jerusalém.
Tem-se a impressão de que ela está mudando de assunto, mas ela não o está. No contexto da época, adorar era ir até o Templo para oferecer um sacrifício que, uma vez aceito, obteria o perdão de Deus. Adorar era pedir perdão. O diálogo, portanto, ficaria assim:
Samaritana: Vejo que você é profeta. Eu sei que tenho de acertar isso com Deus, nossos pais disseram que era aqui que se pedia perdão a Deus, mas vocês dizem que é em Jerusalém que se deve pedir perdão. Onde se pede perdão a Deus?
Jesus: É em Jerusalém que se pede perdão a Deus, porque a salvação vem dos judeus, e nós adoramos o que conhecemos, e vocês adoram o que não conhecem. Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores pedirão perdão ao Pai em todo o momento, em si mesmos, em todo o lugar, e serão perdoados. Porque são estes adoradores que o Pai procura, porque o Pai é Espírito, está em todo o lugar, e importa que aqueles que reconhecem a Sua honra lhe peçam perdão em todo o tempo.
Samaritana: Quer dizer que eu posso pedir perdão em qualquer lugar, a qualquer hora? Mas, e o Templo?
Jesus: O Templo é você.
Samaritana: Então Deus pretende mudar de endereço, e, agora, quer morar nas pessoas?
Jesus: Exatamente, Deus é Espírito e quer morar no espírito das pessoas.
Samaritana: Mas, e o holocausto, o sacrifício?
Jesus: O sacrifício sou eu.
Samaritana: Bem, o que você está dizendo é muito diferente. Eu estou aguardando o Messias, o Salvador, quando ele vier nos explicará todas as coisas.
Jesus: Eu sou o Messias. Eu sabia que você estava me esperando e vim vê-la. Eu marquei esse encontro com você.
Adorar a Deus é pedir perdão. Tudo o que dizemos a Deus é insuficiente para honrá-lo. Mas quando lhe pedimos perdão, o adoramos, porque admitimos que Ele está certo, não nós. E lhe pedimos perdão, não apenas por nossos desvios morais, mas por nosso jeito de ser e de viver.
Os do Antigo Testamento esperavam o fim de semana para prestar culto, para pedir perdão, reconhecendo que Deus estava certo. Honrando-o, portanto. E só podiam fazê-lo no Templo de Jerusalém. Os do Novo Testamento têm Deus morando em si, por isso podem, a qualquer hora, honrá-lo com o seu pedido de perdão. Passam toda a semana em culto, e usam o final de semana para, com os demais Templos de Deus, celebrar a semana de culto. Os do Antigo Testamento partiam de seu pecado para o Templo, onde ofereceriam o sacrifício, que, uma vez aceito, lhes garantiria o perdão. Os do Novo Testamento partem do holocausto aceito previamente e para sempre – o sacrifício de Jesus, o Cordeiro de Deus, para o pedido de perdão, na certeza de que ao confessarem os seus pecados, Deus, fiel ao sacrifício, e reconhecendo que a justiça foi, no sacrifício, satisfeita, perdoará e tornará puro o pecador, como se ele não houvesse pecado (1 Jo 1:9).
O pedido de perdão é precedido por arrependimento. De perdão em perdão, somos transformados em pessoas parecidas com Jesus, porque o Espírito Santo vai nos revelando onde estamos desonrando a Deus e, então, a partir de nosso arrependimento e consequente pedido de perdão, Ele nos transforma à imagem do Senhor (2 Co 3.18).


Bjs meus amados.

Manu

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Brincando De Esconde-Esconde


"Feliz é aquele que confia no Senhor" (Provérbios 16:20).


Se você deseja ver um homem realmente feliz, o encontrará construindo um barco, escrevendo uma sinfonia, educando seu filho, cultivando dálias em seu jardim. Ele não estará procurando por felicidade como quem busca um botão docolarinho que rolou para baixo do radiador. Ele está ciente de que sua vida é feliz cada momento das vinte e quatro horas do dia. (Lillian Eichler Watson)Todos nós desejamos a felicidade. Ninguém se alegra por ser infeliz. Alguns não desfrutam deste privilégio porque acham que a felicidade se resume em ter mais e mais. Passam a vida procurando-a, mas nunca a encontram. A felicidade não está oculta, como na brincadeira do esconde-esconde, mas está visível, diante de nós, pronta para nos abraçar, pronta para fazer parte de nossas vidas. Ela deseja habitar em todos os corações e, para sermos felizes, basta que a recebamos naPessoa de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Ele é a felicidade -- e estará conosco para sempre.Eu já citei, várias vezes, aqui nesta coluna, o verso bíblico que diz que primeiramente devemos buscar o reino de Deus, para que todas as outras coisas sejam acrescentadas. A felicidade não consiste em buscar isso ou aquilo, em ter a casa mais bonita ou o carro mais moderno, mas em estar satisfeito com aquilo que Deus já nos deu. Somos felizes pelo que temos, mesmo que seja pouco. Se Ele nos der mais...muito mais... serão apenas bênçãos recebidas por uma pessoa que encontrou a felicidade na presença do Senhor.Quando Cristo está conosco, a felicidade faz abrir um largo sorriso em nosso rosto. Louvamos a Deus pela casa em que moramos, mesmo que não seja uma mansão junto à praia,agradecemos pelo carro velho ou até pelo ônibus que nos leva aos lugares desejados, sentimo-nos bem-aventurados pelas refeições sobre a mesa, por mais simples que sejam. Somos felizes porque em todas essas situações, Ele está presente,ao nosso lado, dizendo com ternura: "Eu estou contigo, não temas".Pare de brincar de esconde-esconde, tentando achar afelicidade. Ela está apenas esperando o seu convite para mudar completamente a sua vida.
Paulo Roberto

Entra na minha casa...


“Entra na minha casa... Entra na minha vida... Mexe com minha estrutura... Sara todas as feridas... Me ensina a ter santidade.... Quero amar somente a Ti!Por que o Senhor é o meu Bem maior... Faz um milagre em mim!” Amo essa Música, bjsss e bom final de semana para vocês
Manu

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Porque somos humilhados?


Humilhado (Mateus 23:12)" Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado."
(1 Pedro 5:6)" Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. "


O orgulho é perigoso. A Bíblia diz em Provérbios 16:18 “A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda.” A humildade produz honra. A Bíblia diz em Provérbios 29:23 “A soberba do homem o abaterá; mas o humilde de espírito obterá honra.” Deus é contra os orgulhosos. A Bíblia diz em 1 Pedro 5:5-6 “Semelhantemente vós, os mais moços, sede sujeitos aos mais velhos. E cingi-vos todos de humildade uns para com os outros, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte.” O orgulho pode separar-nos de Deus e das outras pessoas. A Bíblia diz em Lucas 18:14 “Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado; mas o que a si mesmo se humilhar será exaltado.” Uma humildade semelhante à de uma crirança é de muito valor no céu. A Bíblia diz em Mateus 18:4 “Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.” Os orgulhosos serão humilhados. A Bíblia diz em Mateus 23:12 “Qualquer, pois, que a si mesmo se exaltar, será humilhado; e qualquer que a si mesmo se humilhar, será exaltado.” Os que são orgulhosos podem cair. A Bíblia diz em 1 Coríntios 10:12 “Aquele, pois, que pensa estar em pé, olhe para que não caia.”
A palavra do senhor é muito maravilhosa mesmo e fala sempre comigo de forma tão diferente, Eu já tinho lido diversas vezes a maioria desses versículos citados acima, mas nunca tinha pensado que quando eu passo por humilhação que isso é tratamento do senhor. Muitas vezes me sentia injustiçada e não compreendida pelo mundo, era como se eu tivesse pensando:" será que Deus não ver que estou certa, e como sou perseguida? Será que Deus não ver que estou sendo humilhada? Deus ver tudo e sabe o motivo de nos exortar, quer nosso coração mais perto DELE, quer que fiquemos cada dia mais parecido com sua imagem e semelhança. É tanto amor e tanto cuidado que muitas vezes não entendemos e tentamos nos justificar, obrigada senhor por tudo que venho passando, por sei que é para tua honra e glória...Fiquem com Deus
Manu

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ariovaldo Ramos - Quem é Jesus?



Amados, esse final de semana foi cheio de atividades na minha igreja. Recebemos a visita do ilustre pastor Ariovaldo Ramos. As programações começaram com um delicioso café da manhã no sábado e em seguida ele pregou para liderança da igreja. A noite pregou para igreja( que estava lotada) e isso se repetiu no domingo pela manhã e a noite. Gente, admito que não conhecia o pastor Ariovaldo, mas como ele foi benção, sua forma de pregar é clara e didática, ele nos fez refletir de forma diferente em textos tão batidos como por exemplo o sermão do monte. Realmente ficamos impactados com suas pregações , ele é uma benção. Coloquei aqui para vcs verem esse video que ele tá falando sobre quem é Jesus(muito bom!!) e logo abaixo tem o site dele para quem quiser saber mais da trajetória desse servo fiel de Deus. No próximo post vou tentar escrever um pouco do resumo de tudo que anotei sobre suas pregações lá na igreja nesse final de semana. bjs e fiquem com Deus
Manu

http://www.irmaos.com/ariovaldoramos/

Derrubando Golias...



Esta obra é baseada na história de Davi e Golias, quando o jovem hebreu venceu o gigante filisteu em uma batalha. Apesar de distante, este relato bíblico tem muito a ensinar. Afinal, todos têm um Golias em suas vidas e o conhecem muito bem. Ele provoca com contas que não se pode pagar, pessoas que não se consegue agradar, hábitos que nunca são deixados, fracassos que não são esquecidos e um futuro sempre evitado. Mas, assim como Davi, qualquer um pode derrubar seu gigante. Para aqueles que já experimentaram a presença de um Golias, a mensagem do livro é clara: ?Todos temos um gigante que assombra nossa vida. Mas se Davi derrubou Golias, você também pode derrotar seu gigante - por maior que ele seja.?

Amados irmãos, eu simplesmente estou ADORANDOOOOO esse livro, tenho crescido e aprendido muito com ele. Deus é muito maravilhoso mesmo, eu amo DEMAIS MEU SENHOR E SALVADOR...
BJS
Manu

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

A viagem dos sonhos...


Olá, meu povo, como vocês estão? Eu estava hoje pensando em como eu gosto de viajar, planejo cada detalhe, faço roteiros e todo esse processo sempre me deixa muito feliz...Mas, me peguei hoje pensando na melhor viagem de todas, que será a vinda do senhor para buscar a sua igreja. Será que estamos fazendo o "roteiro" ideal? Temos nos preparado para a volta de Deus, como nos preparamos para uma mega viagem que vamos fazer? Estamos felizes e buscando com todas nossas forças esse GRANDE DIA? Ai gente, não sei vocês, mas assim que terminei de pensar sobre isso, me bateu uma tristeza, porque sei que tenho planejado muito mais minhas viagens aqui na terra do que a verdadeira viagem dos sonhos. Será que ando esquecendo das maravilhas que Deus têm preparado no céu? Não existe resort de luxo nem viagens para Paris que seja melhor do que a viagem que me levará ao encontro de Deus, essa é a melhor de TODASSSSS.
A Bíblia diz que lá "não haverá mais morte ou lamentações, ou choro ou dor". Esse versículo é bem verdade, mas não podemos esquecer que muitos cristãos que pensam no céu simplesmente como um lugar maravilhoso onde não haverá mais sofrimento, mágoa ou morte. Tudo isso sobre o céu é verdadeiro, mas a estreitura do foco nos faz lembrar de uma noiva que se gaba sem parar da mobília magnífica do novo lar sem dizer nem uma palavra sobre o futuro marido. Aqueles que entre nós foram casados por algum tempo qualquer sabem que o lar é aonde está o amado(a), e apenas esse fato ilumina qualquer lugar com alegria. Nunca se foi o lugar, mas sim pessoas, que nos trazem contentamento e satisfação, e a última expressão dessa verdade é que paraíso é estar onde Deus e Cristo estão.
Eles são totalmente suficientes para iluminar o lugar com glória (Apocalipse 21:23). Por isso amados, é um sonho pensar como será uma benção viver no céu, ao lado do Pai, mas não podemos esquecer que somos sal nessa terra, e que fomos chamados para pregar a palavra de Deus ao mundo( agora!!)...Deus cobrará cada vida que nos cerca, vamos juntos nos preparar para essa MEGA VIAGEM, viagem sem volta, viagem DOS NOSSOS SONHOS, Viagem ao encontro do senhor...AMÉM
“Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus e Deus mesmo estará com ele”. Apocalipse 21: 3 .

Quando em visão, Paulo viu o terceiro céu, extasiado, disse : “as coisas que o olho não viu e o ouvido não ouviu, são aquelas que Deus preparou para aqueles que o amam.” I Coríntios 2: 9.
a nossa pátria está nos céus, donde também aguardaremos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo.”
bjs meninos e meninas e fiquem com Deus
Manu
Obs: Enquanto eu estava escrevendo aqui no blog para vocês, meu marido veio do quarto e me mostrou um trecho do livro que ele estava lendo (Missões: o desafio continua-de Ronaldo Lidório) , achei bem interessante colocar aqui para vocês lerem também. Ele vem falando do "Grande Dia", quando todos os povos vão confessar que Jesus Cristo é o Senhor. Segue o texto:
" - Vinde, benditos de meu pai!
Chegamos enfim! Chegamos à nossa terra prometida, ao descanso esperado, onde não há mais choro, nem pranto, nem dor, nem desilusão, somente a glória do Senhor encherá nosso coração.
Mas, ao nosso lado, à esquerda do Mestre, haverá uma outra multidão; um número ainda maior de pessoas. Eles também estarão dizendo 'Jesus Cisto é o Senhor', e na face de cada um haverá lágrimas. Contudo não serão lágrimas de alegria nem de júbilo; serão de pranto, dor, amargura e desespero. Essa segunda multidão é a dos perdidos. Para eles, não há mais nenhuma chance, não há mais nenhuma esperança, eles estão condenados à morte eterna e haverá ali 'choro e ranger de dentes' (Mt 8.12), pois ouvirão do Senhor: 'Apartai-vos de mim...' (Mt 25.41).
Só por um momento, imagine uma cena comigo. Num determinado instante, nesse grande e terrível Dia do Senhor, você consegue desviar, por um segundo apenas, o seu olhar do Senhor Jesus, e se volta para a imensa multidão de perdidos. Seu olhar se cruza com o de alguém que o está observando. Talvez pudesse ser um vizinho, um amigo chegado, um parente próximo e querido; ou um índio, um africano desconhecido, um asiático sobre o qual você jamais ouvira falar. Seja qual for a pessoa, creio que haveria, naquele olhar melancólico, uma única pergunta dirigida a você:
- 'Por que você não me falou de Cristo?'
Apesar de essa ser apenas uma suposição, qual seria a sua resposta naquele dia?"

domingo, 16 de agosto de 2009

Video muito bom!!!

Nossos atos são exemplos para as crianças, por isso vamos refletir o que temos passado de bom para elas. bjsss

Devocional




VERSÍCULO:> Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Romanos 8:14




PENSAMENTO: O Espírito Santo é o selo de Deus em nós. O Espírito vive em nós e sua presença em nós significa que somos templo de Deus. O Espírito opera para nos transformar na imagem de Cristo, cada vez mais. Ele nos ajuda a produzir as virtudes de Cristo - amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, mansidão, domínio próprio, e fidelidade. Ele intercede por nós quando oramos, comunicando os gemidos do nosso coração, quando não temos palavras, e nos enche com poder quando adoramos. Além disso, o Espírito é nossa garantia de que somos filhos de Deus. Somos dele. Seu futuro, suas bênçãos e sua graça são nossos.




ORAÇÃO: Querido Pai, muito obrigado por habitar dentro de mim através do seu Santo Espírito. Obrigado pela certeza do seu amor, sua presença, seu poder, e sua direção enquanto tento fazer decisões e encarar os desafios da minha vida diária. Querido Pai, à medida em que submeto meu coração e minha vontade à graça transformadora e ao poder do seu Espírito, por favor, ajude-me a desenvolver mais o seu caráter e mais plenamente demonstrar sua graça hoje, ao lidar com meus deveres. No nome de Jesus eu oro. Amém

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Tentação Nos Momentos De Fraqueza


"E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. Chegando, então, o tentador..." (Mateus 4:2, 3)


A tentação, quase sempre, não vem em nossos momentos de firmeza espiritual, mas, pelo contrário, quando nos sentimos mais frágeis. Quando atingimos o limite de nossa paciência,amor, etc., é que somos tentados a abandonar o nosso viver cristão. É preciso que tomemos muito cuidado com isso.A tentação de Jesus começou quando estava em jejum já faziaquarenta dias. As pessoas, normalmente, ficam mais sensíveis quando estão vivendo debaixo de pressão. Uma atitude de fraqueza pode comprometer toda uma vida de testemunho.Nas lutas de nossa vida, muitas vezes, sentimo-nos fracos e desanimados. As frustrações são muitas, as decepções se acumulam, o sol parece que não mais brilhará em nossos dias sombrios. É exatamente neste momento que temos vontade de"jogar tudo para o alto", virar as costas para os nossos sonhos, desistir de nossos propósitos, dizer adeus a tudo que até então significava a maior bênção de nossa existência: a vida com Deus.É exatamente esse o plano do diabo. Minar nossas forças,tirar-nos do Caminho, destruir nossa esperança. Ele sabe que mesmo diante das tormentas e crises, não poderá impedir a nossa vitória. Quer nos enganar, nos afastar do Senhor,enfraquecer-nos cada vez mais.Precisamos dizer a ele "não". Precisamos continuar crendo no Senhor. Precisamos seguir em frente, perseverar, lutar por tudo aquilo que sempre almejamos. Precisamos crer que "somos mais do que vencedores" e que em qualquer situação, "podemos todas as coisas em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador".É na hora da fraqueza que devemos ser fortes, é na hora da queda que devemos olhar para o céu e segurar nas mãos deDeus, é na hora em que tudo parece perdido que devemos tomar posse de nossas conquistas. O Senhor está conosco, não há derrota a Seu lado. Tudo servirá para nossa edificação e a luz do Sol da Justiça sempre brilhará depois do vendaval.Quando você sentir a tentação nos momentos de fraqueza, não ceda... vença!Paulo Roberto

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

DEUS NUNCA ERRA !


Um rei que não acreditava na bondade de DEUS, tinha um servo que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito , Ele não erra!
Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O seu servo conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade perdesse um dedo da mão.
Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.
O servo apenas respondeu: Meu Rei, apesar de todas essas coisas, só posso dizer-lhe que Deus é bom; e ele sabe o por que de todas as coisas.
O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra! Indignado com a resposta, o rei mandou prender o seu servo . Tempos depois, saiu para uma outra caçada e foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos.
Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, os selvagens perceberam que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no: ele não era perfeito para ser oferecido aos deuses.
Ao voltar para o palácio, mandou soltar o seu servo e recebeu -o muito afetuosamente. Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! Escapei de ser sacrificado pelos selvagens , justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso?
Meu rei, se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, teria sido sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: tudo o que Deus faz é perfeito.
Ele nunca erra! Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Todas as manhãs, ofereça seu dia ao Senhor Jesus


Esse texto foi enviado por um dos meus melhores amigos que mora em Recife, Obrigada Boaz por sempre compartilhar comigo seus textos e seus aprendizados...saudades de vc e Drica. bjs Manu

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Tomando Posse Da Bênção


"Todo lugar que pisar a planta do vosso pé será vosso"(Deuteronômio 11:24)."


Existem três coisas coisas que são difíceis de fazer: Uma é subir em uma cerca inclinada em sua direção, outra é beijar uma moça curvada em direção oposta e a terceira é ajudar uma pessoa que não deseja ser ajudada." (Zig Ziglar)O amor de Deus, demonstrado na cruz, está disponível para aqueles que crêem e que o desejam. Ele, através de Seu sacrifício, ofereceu, a todos, uma vida verdadeira,abundante e eterna. Aos tristes veio oferecer alegria; aos cansados e oprimidos, descanso e consolo; aos que sofrem,alívio; aos desanimados, fé e esperança.Só há uma maneira de o homem não ser ajudado e abençoado porDeus -- quando ele não quer. Como receber a paz que excede o entendimento se o homem não a almeja? Como ser abraçado e protegido pelo Senhor se o homem lhe vira as costas? Como receber as dádivas do Pai amoroso se o homem se mostra indiferente a Ele? Como herdar as mansões celestiais se o homem prefere as choupanas enganosas deste mundo?Muitas vezes nos queixamos por um sonho não alcançado. Mas,o que fizemos para que ele se tornasse realidade?Perseveramos quando nos vimos frente a pequenos fracassos ou nos desiludimos após a primeira frustração? Fixamos os nossos pés diante da bênção esperada, tomando posse dela como se já a tivéssemos recebido, crendo plenamente na promessa do Senhor de que "tudo que pedimos, em Seu nome,receberemos" ou apenas nos sentamos e aguardamos que caia em nossas mãos?Deus quer abençoar sua vida, sua família, seu emprego, seus estudos, tudo que se refere a você. Ele só não o fará se você não deixar. Ele quer fazer de você um instrumento de felicidade para todos que estão ao seu redor. Ele lhe diz com grande amor: "Buscai-me e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração". Não há possibilidade de não encontrá-Lo. Ele espera você com as bênçãos e os sonhos nas mãos. Você quer?
Paulo Roberto


Gente, como eu me identifiquei com esse texto...Muitas vezes me desânimo no primeiro sinal de que não vou conseguir aquilo que tanto sonho, quantas vezes me pego murmurando, ou olhando a vida de outras pessoas.Quando na realidade Deus só quer de mim mais intimidade, mais amor, mais Fé...Não existe nada que Deus não possa realizar, e porque não confiamos nessa verdade? Senhor, sonda e conheces meu coração, muda minha essência pai, que eu seja a partir de hoje, um novo vaso, muda senhor minha motivação, muda senhor minha mente e meu coração...coloca em mim um total renovo e que minha fé seja inabalável....amém

QUE ESSA SEJA A NOSSA ORAÇÃO. bJS

Manu

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Aprendendo a viver feliz!!!



“APRENDI A VIVER CONTENTE EM TODA E QUALQUER SITUAÇÃO”
(FILIPENSE 04:11 )

Conta-se que um Rei, fora certa manhã em seu jardim, e encontrou suas plantas murchando e morrendo. Então perguntou ao carvalho que estava junto ao portão – “O que significa tudo isso”?
Então respondeu o carvalho – Ah, meu Rei... A arvore desistiu de viver porque não é alta como o pinheiro. O pinheiro por sua vez, está desconsolado, porque não pode produzir frutos delicados como a videira. A videira, já se sabe que, não quer mais saber de nada, só porque não é elegante como o Lírio. E assim... assim acontece por todo jardim, meu Rei.
Cabisbaixo, saiu o Rei a caminhar pelo jardim, quando de repente, deparou com uma corola alegremente como sempre e então indagou: - Você não me parece triste??
- Não. Porque se meu Rei quisesse que eu fosse uma árvore, um pinheiro, uma videira ou um lírio, teria me feito um deles. Mas como não foi assim, então decidi ser o melhor Amor Perfeito que posso.

Extraído.

É... Deus nos fez Homens e Mulheres. E o melhor nisso tudo é que ele colocou essência em nós. Você é assim, nem arvore, nem pinheiro, nem lírio e nem videira. E você talvez seja aquela florzinha insignificante (que nem se sabe pra que serve até hoje). Porém, você decidiu ser o melhor AMOR PERFEITO que pode. E são pessoas assim como você, que conseguem,( em meio a tanto desanimo diante de um jardim imenso), mostrar que Deus pode habitar em nós.

Por isso brilhe sempre !! Pois seu carinho, amor e atenção nos fazem bem... e é através desse brilho que conseguimos alcançar e praticar o amor de Deus.

Que o amor e a misericórdia de Deus esteja sempre em cada um de nós.

“Semana abençoada para todos vocês, Beijo e abraços a todos “

domingo, 2 de agosto de 2009

Um chamado para angústia - David Wilkerson

Esse video é impactante....Ainda estou sem palavras. bjs e fiquem com Deus.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Manancial De Fé


"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra deDeus" (Romanos 10:17)."


Eu orei por fé e pensei que ela viria e me atingiria como um raio. Mas a fé não veio. Um dia eu li que a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Eu fechei a minha Bíblia e orei novamente por fé. Tornei a abrir a Bíblia e comecei a estudar com determinação o que nela está escrito. A minha fé começou a crescer desde aquele momento." (Dwight L. Moody)A fé não é como a gasolina que acaba depois que nós a usamos, mas como um músculo que se fortalece à medida que o exercitamos. Quanto mais demonstramos atitudes de fé, mais ela aumenta e mais forte espiritualmente nos tornamos.Há pessoas que dizem não necessitar de fé. Basta-lhes a razão e o intelecto. Eu creio que um coração sem fé é vazio e sem perspectivas. Ela nos faz escalar montanhas de objetivos, nos faz atravessar rios de dificuldades, nos faz correr maratonas de sonhos. Ela nos motiva, nos levanta quando o fracasso teima em nos derrubar, nos esquenta quando o frio das decepções encolhe os nossos ideais, nos faz sorrir quando a dor das desilusões ferem, como acúleos, as nossas almas.Sim, a fé é o fortificante de nossas vidas e, pelo estudo daPalavra de Deus, ela nos sustenta em toda e qualquer situação. Uma dose diária de leitura é suficiente para que a nossa vida espiritual cresça como uma árvore frondosa,produzindo frutos para abençoar a todos que se chegam até nós.Você deseja fé? A Bíblia é um manancial.Paulo Barbosa

terça-feira, 28 de julho de 2009

Diante do Trono - Deus de Amor

Música para ouvir e adorar...Como é bom poder confiar na fidelidade de Deus, não é? Vamos descansar no senhor e esperar NELE. Bjs queridos

Manu

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Mesquinharia Espiritual


"Melhor é o pouco com o temor do Senhor, do que um grande tesouro, e com ele a inquietação" (Provérbios 15:16).



Conta-se a história de duas notas de dinheiro, já velhas,que retornaram à tesouraria dos Estados Unidos. Uma delas era de 20 dólares e a outra de 1 dólar. Estavam no mesmo saco e começaram a conversar. "Eu passei por belas lojas,excelentes restaurantes, clubes campestres e lugares exóticos", disse a nota de 20 dólares. "E você?" perguntou a mesma nota. "O único lugar por onde passei foi a igreja."Muitos de nós fazemos o mesmo. Valorizamos tudo o que o mundo oferece: carros novos, casas luxuosas, roupas elegantes, passeios ao exterior e outras coisas mais.Sonhamos com a possibilidade de ter tudo isso e invejamos aqueles que já alcançaram a sua "felicidade". Murmuramos comDeus por não nos abençoar da mesma forma e lamentamos o fato de vivermos uma vida pobre e sem atrativos. Queremos receber o melhor mas, nem passa por nossa cabeça, dar o nosso melhor.Damos a Deus a nota mais amassada que encontramos no bolso ou na bolsa. Damos a Ele o resto de nosso tempo e de nossa motivação. Damos a Ele o muito de nossa incredulidade e bem pouco de nossa fé. Reservamos para Ele as queixas e lamentações e doamos o nosso canto para coisas e lugares supérfluos e sem nenhuma importância.Chamamos Deus de injusto e esquecemos de nossa indiferença,de nossa má vontade, de nossa ingratidão. Se fôssemos parar um pouco para ver o quanto Deus já nos deu, apesar de nossa"mesquinharia" espiritual, veríamos que somos as mais ricas das criaturas, as mais contempladas da terra, as que têm todos os motivos para viver cantando e dançando por tantas bênçãos recebidas.Você dá a Deus o que tem de melhor ou apenas aquilo que não usa em suas prioridades?


Paulo Roberto


Meninas e meninos, que texto é esse? Eu estava falando justamente sobre isso com uma amiga hoje, de como eu murmuro e de como esqueço tantas vezes de agradecer o TANTO que Deus fez e faz diariamente por mim. Para refletir...Música de diante do trono:Eu te agradeço Deus, por tudo que tens feito e por tudo que irás fazer, por tuas promessas e tudo que és, eu quero te agradecer com todo meu ser...Te agradeço meu senhor, Te agradeço meu senhor...Te agradeço por me libertar e salvar, por ter morrido em meu lugar te agradeço....bjs amados

Manu

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Cegueira no vale da Visâo...


Seções – Deixem que elas mesmas falem


Rosalee Velloso Ewell “O que está perturbando vocês agora, o que os levou a se refugiarem nos terraços, cidade cheia de agitação, cidade de tumulto e alvoroço?” Estas são as palavras do profeta Isaías, ditas há muito tempo a um povo que se chamava santo, mas que nada tinha de santidade. No contexto deste complexo 22º capítulo do livro de Isaías, o profeta sabe que o clima deveria ser de luto. Porém, como havia feito muitas vezes, o povo, seguindo líderes vaidosos e gananciosos, não ouviu a voz de Deus e preferiu festa e júbilo às lamentações e choro exigidos pelo profeta.
Isaías estava triste porque Jerusalém seria capturada pelos babilônios e a desgraça seria mais que merecida, já que o povo havia se esquecido do Senhor. De acordo com J. Alec Motyer, o pecado da cidade era a autossuficiência. As pessoas achavam que podiam se salvar por meio de alianças com os povos ao redor, construindo muros cada vez mais altos e sistemas de defesa cada vez mais aprimorados. Por isso a cidade estava em festa, celebrando uma vitória passageira. Jerusalém esqueceu-se da aliança com seu Deus.
As palavras de Isaías à cidade de Jerusalém são tão relevantes para nossas cidades hoje quanto foram para o povo de Deus no passado. Vivemos cheios de temor e medo: medo que a violência chegue à nossa porta ou medo de sermos violentos; medo da pobreza, da riqueza, da doença, da morte e até da vida. Para onde foi o temor de Deus?
O profeta, como muitos antes e depois dele, clamava ao povo para que ouvisse sobre a salvação que somente Deus poderia oferecer-lhes. Porém, o povo, como muitos cristãos hoje, preferia ficar de olhos fechados, cegos para as palavras de Deus e focados em suas habilidades e nos prazeres vãos da vida.
Esquecemos que, como Israel, somos chamados para sermos um povo missionário, um povo diferente e transformador em nossa sociedade. Está na moda uma igreja se autodenominar “transformadora”, “progressiva”, “social”. O estranho é que “bíblica” não é um adjetivo que entraria para essa lista. Por quê? Afinal, em épocas de grande transformação e renovação da igreja, vemos que foram a leitura e o estudo da Bíblia que geraram reformas como a Protestante do século 16, os avivamentos na América do Norte nos séculos 18 e 19, as reformas na Igreja Católica na década de 1960 e o Movimento de Lausanne na década de 1970. Todos estes movimentos surgiram porque alguns procuraram levar a Bíblia a sério em seus respectivos contextos.
Em termos práticos, precisamos de menos modismos e mais estudos cuidadosos da Bíblia. Tal afirmação parece simples demais. Porém, somos reféns de nossa autossuficiência e temos medo de ver o que o Espírito faz quando dois ou três se reúnem para ouvir as palavras de Deus. É mais confortável criarmos esquemas elaborados de ensino, de metodologias, de crescimento da igreja e transformação da sociedade, ficando assim longe das palavras da Bíblia. Frequentemente somos como Jerusalém, nos apoiando em nossas habilidades e arrogância, cegos e surdos às palavras do Senhor.
O Vale da Visão é o nome enigmático que Isaías deu a Jerusalém. Talvez porque ali recebeu profecias marcantes, talvez porque era o único a ver a calamidade por vir. A cegueira de Judá é a pandemia de hoje?

. Rosalee Velloso Ewell é casada, tem três filhos e mora em Londrina, no Paraná. É doutora em teologia pela Duke University (EUA) e editora do Novo Testamento para o Comitê Latinoamericano de Literatura Bíblica.



Seções — Abertura
A história da oração

Quando o ser humano começou a orar? Quem fez a primeira oração? A última frase de Gênesis 4 registra que, logo após o nascimento de Enos, começou-se “a invocar o nome do Senhor” (Gn 4.26). Embora o verbo “invocar” pareça sinônimo de cultuar ou adorar, em outros textos ele é sinônimo de clamar ou orar. Numa de suas orações, Davi escreve: “Na minha angústia, “invoquei” o Senhor, “clamei” a meu Deus; ele, do seu templo, ouviu a minha voz” (2Sm 22.7). No Salmo 50, Deus diz: “Invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificarás” (Sl 50.15). As mesmas palavras são proferidaspela boca do profeta Jeremias: “Invoca-me, e te responderei” (Jr 33.3).
A expressão “invocar o nome do Senhor” aparece seis vezes no primeiro livro da Bíblia. Abraão (12.8; 13.4; 21.33), sua escrava Agar (16.13) e seu filho Isaque (26.25) invocam o nome do Senhor. A esta altura da história humana tal ato já seria um exercício religioso habitual.
As outras orações de Gênesis não são meras invocações da presença de Deus, mas súplicas bem elaboradas e mais explícitas. A primeira é um modelo de oração intercessória. As outras são pedidos em favor da interferência da misericórdia e do poder de Deus para resolver situações difíceis (a oração do servo de Abraão), situações ligadas a problemas de saúde (a oração de Isaque) e situações de perigo (as orações de Jacó).
Abraão demora-se na presença de Deus e insiste o quanto pode em favor da não-destruição de Sodoma e Gomorra, em benefício de alguns poucos justos porventura ali residentes. E ele consegue o favor de Deus vez após vez: Deus não destruiria as cidades da campina caso houvesse ali cinquenta, 45, quarenta, trinta, vinte ou dez justos. Como não havia nem sequer dez, as cidades foram destruídas (Gn 18.22-33). O mesmo Abraão orou em favor da saúde de Abimeleque, sua mulher e servas (Gn 20.17).
O filho de Abraão e Agar, ao ser mandado embora junto com a mãe, não tendo mais água para beber, clamou e “Deus ouviu a voz do menino” (Gn 21.17).
O servo de Abraão não sabia como cumprir a delicada missão de conseguir uma esposa para o filho solteirão de seu senhor. Então apelou à oração e foi plenamente atendido. A primeira moça com a qual se encontrou na Mesopotâmia tornou-se esposa de Isaque. O servo fez questão de contar essa experiência de oração à família da jovem (Gn 24.10-50).
Como Rebeca não engravidava, “Isaque orou ao Senhor por sua mulher, porque ela era estéril”. Depois de completar bodas de porcelana, aos 60 anos, nasceram os gêmeos Esaú e Jacó (Gn 25.19-26).
Depois de casar-se com quatro mulheres, de se tornar pai de doze rapazes e de Diná, e de ficar muito rico, Jacó resolveu voltar para sua terra. Porém, logo soube que o irmão ainda alimentava vingança contra ele e vinha ao seu encalço com quatrocentos homens armados. Ao perceber que ele e sua família estavam em perigo, Jacó orou ao Senhor: “Livra-me das mãos de meu irmão Esaú, porque eu o temo, para que não venha ele matar-me e as mães com os filhos”. Foi uma oração perseverante e audaciosa, pois do lado de cá do Jaboque ele disse ao Senhor: “Não te deixarei ir se não me abençoares”. A emoção desarmou Esaú, os dois inimigos choraram um no ombro do outro e a guerra acabou (Gn 32.3-32).
O que mais se aprende com esta história de oração é a humildade com que elas foram feitas. Na intercessão por Sodoma, Abraão declarou: “Eis que me atrevo a falar ao Senhor, eu que sou pó e cinza” (Gn 18.27). Jacó também confessou o que de fato era ao começar sua oração com as seguintes palavras: “Sou indigno de todas as misericórdias e de toda a fidelidade que tens usado para com teu servo” (Gn 32.10).
Bom seria se todas as nossas orações começassem com essa confissão de Jacó e a do publicano: “Ó Deus, sê propício a mim, pecador!” (Lc 18.13).

terça-feira, 21 de julho de 2009

O Senhor Voltará -- Estejamos Atentos




"os quais lhes disseram: Varões galileus, por que ficais a íolhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir"(Atos 1:11).




O chefe surpreendeu Calvin, sentado diante de sua mesa,olhando para fora, pela janela. "Por que Você não está trabalhando, Calvin?" Sem muito pensar, Calvin confessou para seu chefe: "Porque eu não vi você chegando."Não temos, como o Calvin de nossa ilustração, nenhuma justificativa para dizer: "Eu não sabia que você estava vindo". Sabemos que o Senhor foi elevado ao Céu e sabemos também que Ele voltará. Ele virá para buscar "aqueles que são Seus" e precisamos estar preparados para esse dia.O Senhor espera que nossa vida esteja sempre brilhando, que pratiquemos o amor que Ele nos ensinou, que de nossa boca saiam palavras de ânimo, de consolo, de edificação, de poder e transformação. Temos nos aplicado no cumprimento da vontade de Deus ou, como Calvin, estamos olhando para o mundo lá fora, distraídos e sem preocupação?O que diremos ao Senhor quando Ele voltar? Que enterramos nossos talentos? Que tínhamos coisas mais importantes a fazer? Que estávamos esperando a velhice para lembrar dEle?Que não sabíamos que Ele viria tão rapidamente?Enquanto estamos sentados e olhando para o nada, o mundo lá fora continua esperando nossas atitudes, nosso trabalho,nossas mãos estendidas, nosso coração cheio de amor para repartir. Cada momento que passamos indiferentes ao trabalho que nos foi confiado, muitos se perdem e, às vezes, para sempre.O que desejamos ouvir quando o Senhor voltar? Vinde, servo bom e fiel ou apartai-vos de mim que não vos conheço? Se a resposta é a primeira opção, levantemo-nos imediatamenteantes que Ele venha!


Paulo Barbosa

sexta-feira, 17 de julho de 2009

DÊEM VÓS DE COMER


Ainda lembro daquele homem cambalenado bem na minha frente enquanto saia de uma grafica com um material que tinha ido pegar...Já era noite, caia uma leve chuva, e aquele homem caiu, parecia que alguem tinha sugado dele todas as suas forças!A principio pensei que pudesse ter sido uma crise eplética, mas ele estava quieto demais, e tb porque não viamos aquelas convulsões próprias da crise...Bom, eu não era médico, e nem havia nenhum naquele circulo que se formou ao redor dele. Ainda no chão, e com a cabeça bastante dolorida, ele tentou emitir algumas palavras, estava muito fraco para isso, mas mesmo assim conseguiu falar e nos disse que estava com muita fome! Pasmem! aquele homem caiu na nossa frente de fome! Rapidamente nos movimentamos e conseguimos alguma comida, tiramos ele do meio da rua, e o encostamos num muro. Ele devorava aquele prato de comida, nao conseguia nem respirar! Foi para mim uma cena chocante! Sua fome se misturava a dor da desesperança, falava de seus 4 filhos, pedia a morte, enquanto matava a sua fome!Nos contou que saiu cedo para pegar uma cesta basica que alguem lhe ofertara, tinha ainda uns cinquenta reais no bolso para comprar algumas coisas, mais naquela manhã fora assaltado, levaram tudo dele! Tudo era tudo mesmo, cesta basica e cinquenta reais, e por causa disso saiu pelas ruas pedinfo ajuda, e em sua peregrinação, lembrava de seus filhos, e lembrava que aquela era unica comida que tinha para levar para casa!Chorava, gemia, se contorcia de dor na cabeça pelo tombo-fraqueza-humilhação que tinha levado! Foi impossivel nao olhar para mim, e enxergar o tamanho do abismo social que havia entre nós, e do pouquissimo esforço que há para diminuir essas distancias e ao mesmo tempo a enorme desconexão entre a fé professada e a aplicabilidade dela!Lembrei-me da parabola do Bom Samaritano, e de como Jesus faz questão de pontua-la trazendo para as cenas principais figuras religiosas que supostamente deveriam se preocupar com os feridos e aflitos... Me enxerguei assim... Jesus deixa claro que a razão da fé que nasce Nele, tem sua aplicação no outro!Ora, para Jesus, quem tem fé, vendo alguem que sofre para sua viagem, desce do cavalo, põe remédio na ferida do aflito, e patrocina sua estada numa pousada, mesmo nao tendo nada haver como isso, conforme o samaritano da história! E tudo isso nada tem haver com religião e posições eclesiasticas, por que na parabola contada por Jesus, quem deveria fazer alguma coisa, porque era alguma coisa, passou ao largo e não tinha tempo para esse mister, e nao era seu "ministério"! "Dêem vós de comer..." Disse Jesus aos seus discipulos diante daquela multidão faminta, milhares de homens, mulheres e crianças, todas desamparadas como ovelhas sem pastor! Disse Jesus, "Vcs são resposaveis por eles...amem eles, assim como EU os amo! Deixem que eu multiplico os pães, deixem que a parte mais dificil eu faço, enquanto a vcs, vão e distribuam, amem, sirvam e vejam o milagre! Quero concluir dizendo que tive a oportunidade de conversar com Edilson(o que caiu de fome), já refeito me disse que era um discipulo de Jesus, não entedia o que estava acontecendo com ele, mais me disse com toda sinceridade, que nao gostaria de voltar para casa e ver seus filhos passando fome em seu barraco, queria morte! Me disse tb que tinha um sonho de ter um carro de mão, sim, seu sonho era esse! E que para ele aquilo seria um milagre!Em lagrimas disse a ele que o milagre tinha chegado, ele ia ganhar um carro de mão! Ele não acreditou, parecia uma criança, chorava e sorria, pq agora ia poder fazer "frete" na feira no seu bairro...Marcamos no outro dia, e nos encontramos... Nos abraçamos, choramos e rimos! Ele se foi achando que tinha sido ele o maior beneficiado, foi cantarolando pela rua com o seu sonho-concreto na mão!E eu entrei no carro, chorando e sabendo que o maior milagre tinha acontecido em mim, minha mente mudou, meu olhar mudou, meu coração mudou, muita coisa mudou e sei que muita, muita , muita coisa ainda mudará! Senhor abençoa o Edilson...cuida dele!



Lindo esse texto, né queridos? Meu amado amigo e irmão em Cristo Boaz me enviou hoje.Mas a grande questão é que não podemos ficar parados, a pergunta que deixo hoje aqui é: De quem estamos lavando os pés? Apenas os nossos( ou nem isso) ou de alguém que tá precisando muitoooo de Deus? Gente, quantos aqui como eu, vivem de dieta? Vivem preocupados se estão com gordura aqui ou ali, enquanto tanta gente não tem o que comer e morre muitas vezes sem ter ajuda de ninguém...Vamos fazer nossa parte irmãos, não podemos ser coniventes com isso.

bjs Manu

terça-feira, 14 de julho de 2009

Atores E Não Expectadores



"e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra" (2Crônicas 7:14).


O derrotismo cristão entristece a Deus. Devemos nos recusar a permanecer como meros expectadores enquanto a nossa nação é envolta em trevas. Os discípulos do Senhor devem ser conquistadores e não conquistados. Será que já esquecemos de que os cristãos do primeiro século, enfrentando dificuldades muito maiores, "viraram o mundo de cabeça para baixo"? Será que temos nos deixado abater pelas tribulações a ponto de esquecer da ordem de Cristo, "negociai até que eu venha"?Os cristãos devem ser o "sal"da nação, um instrumento de preservação. Se as circunstâncias são negativas, é necessário que haja um esforço para mudá-las. Se o desânimo e o conformismo se instalam nos corações, é preciso que a esperança continue a ser semeada. Se os olhos desalentados só conseguem ver raios e trovões, é importante que se proclame: "O Sol da Justiça voltará a brilhar"!Além de dar sabor ao que parece insípido, o cristão também deve por em prática a sua função de "luz do mundo". Não há escuridão onde a luz esta presente, não há tropeços quando se conhece o Caminho iluminado, não há temor se, além da luz, pode-se caminhar de mãos dadas com o criador da luz.E para que o cristão seja sal e luz, precisa se deixar moldar pelo Senhor. Para que não seja um mero expectador,precisa colocar a vida no centro da vontade de Deus. Para que seja uma bênção na sua nação, precisa manter um íntimo contato com o Seu Salvador, para que seus pecados sejam perdoados e para que suas vestes sejam alvas em todo o tempo.Você se conforma em ser expectador ou deseja participar ativamente na transformação de sua terra?


Paulo Roberto

Momentos alegres com amigos e irmãos da fé...

Olha nossa cara de nojo pegando nesses sapatos do boliche....Acho que eles nunca foram lavados, hahahahaha



Aqui, meu querido pastor literalmente babando na bandeja do garçon...rsrsrsr

A turma toda no restaurante...Eita povo para comerrrrrrrrrrrrrrr


Gente, porque crente adora comer hein? Olha a cara de Déa nessa foto...huaiuauauauauaua



Nós outro dia no Boliche(comemos e depois queremos perder peso jogando,rsrsr)



Os meninossuper amostrados


Nós depois do culto de domingo na casa de Simone....amoooooo


Ter amigos que compartilham da mesma fé é uma maravilha não é? Essas meninas ai, são muito amadas por mim, pessoas maravilhosas e servas do senhor altíssimo. bjs e fiquem com Deus