terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Texto enviado Por um amigo, sobre Arrogância.



A respeito da arrogância


1.É notável como o livro de Provérbios trata da arrogância. Talvez não haja outro livro da Bíblia que mencione tantas vezes e com tanta seriedade esse problema da natureza humana. Logo no início, Salomão adverte: “Confie no Senhor de todo o seu coração; nunca pense que sua própria capacidade é suficiente para vencer os problemas [...] Não fique cheio de si, pensando que sua própria sabedoria é a razão do seu sucesso” (Pv 3.5-7, BV).

2.A linguagem de Provérbios contra a arrogância é ameaçadora: “O Senhor detesta os orgulhosos de coração. Sem dúvida serão punidos” (Pv 16.5). O livro deixa claro que “quem constrói portas altas [isto é, quem vive contando vantagens] está procurando a sua ruína” (Pv 17.19). O caminho mais fácil e mais rápido para a desgraça é o caminho do orgulho: “Quando vem o orgulho, chega a desgraça” (Pv 11.2).

3.O livro de Provérbios explica por que Pedro negou o Senhor três vezes seguidas: “O espírito altivo [vem] antes da queda” (Pv 16.18). Essa dolorosa verdade é repetida pouco na frente: “Antes da sua queda o coração do homem se envaidece” (Pv 18.12). Ora, Pedro mostrou seu espírito altivo, sua segurança ingênua ao afirmar que jamais negaria o Senhor, mesmo que os outros o fizessem (Mt 26.35).

4.Além de ameaçadora, a linguagem de Provérbios no que se refere à arrogância é categórica: “O Senhor ‘derruba’ a casa do orgulhoso” (Pv 15.25). Porém, quando o estado de espírito é outro, Deus age de maneira oposta: “Ele zomba dos zombadores, mas concede graça aos humildes” (Pv 3.24). Ao transpor esse versículo para sua carta, Pedro escreve: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes” (1Pe 5.5). Não é nada bom declarar guerra ao Senhor.

5.O caminho para a honra passa obrigatoriamente pela humildade. Assim como o orgulho antecede a vergonha, “a humildade antecede a honra” (Pv 15.33). A verdadeira humildade repudia a autopromoção, pois “não é honroso buscar a própria honra” (Pv 25.27). O conselho dado no livro dos Provérbios é: “Não se engrandeça na presença do rei, e não reivindique lugar entre os homens importantes; é melhor que o rei lhe diga: ‘suba para cá!’, do que ter que humilhá-lo diante de uma autoridade” (Pv 25.6-7).

6.Existe prêmio para o comportamento humilde. Além de se prevenir de um possível escândalo -- como o de Pedro e o de muitos outros -- e de ser obrigada a descer os degraus galgados não por mérito ou pela graça, mas pela falta de contenção da soberba, a pessoa humilde é galardoada pelo próprio Deus. O melhor discurso sobre essa ascensão vem de Pedro: “Humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido” (1Pe 5.6)!
Texto da revista Ultimato


Esse texto foi enviado por meu amigão Boaz(esposo de Drica), eu só tenho a agradecer a tantos amigos que sempre me enviam mensagem cristã(Valeu kota, poly, boaz, junior, maga e tantos outros). É tão bom poder compartilhar nossas angustias e felicidades com povo de Deus né? Muita gente não entende nossa forma de viver, nem nosso cristianismo, somos tantas vezes tachados de radicais e loucos, mas sabemos que TUDO isso vale a pena, pela presença de Deus. Vivemos pela eterna graça e misericordia de Deus que são verdadeiros presentes não é mesmo? E ter irmãos para compartilhar tudo isso ainda é melhor. Eu uma vez li em algum lugar um texto que dizia" alegria dividida é dupla alegria, e tristeza dividida é meia tristeza", pura verdade isso né? Pois então é isso minha gente, agradeço pelos textos enviados por email, e pela visita de cada um aqui no blog. Fiquem com Deus

Manu

2 comentários:

Julyane disse...

A Paz amadas e benditas do Pai

Gostei muito desse espaço e passarei a acompanhar.


A Paz

...::: Benditas :::... disse...

Seja bem vinda Julyane, e fique com Deus. Adorei sua visita e volte sempre.
manu